Notícia Publicada em 22 de dezembro de 2015

Foi aberta no domingo, 20 de Dezembro, às 18 horas, a Porta Santa pelo Jubileu da Misericórdia, no Santuário Nossa Senhora Aparecida A celebração foi presidida pelo Padre Manoel Ferreira dos Santos Junior, Provincial dos Missionários do Sagrado Coração e concelebrada pelo Padre Gilberto Gonçalves Pinto, Pároco do santuário.

Na Igreja Católica, em geral a cada 25 anos é proclamado um Jubileu para celebrar algo em especial, mas é possível que o Papa proclame um Jubileu Extraordinário, como o fez agora, que promulgou o próximo ano como santo para que seja “o tempo favorável, o dia da salvação” (2 Cor 6,2). “Há momentos em que somos chamados, de maneira ainda mais intensa, a fixar o olhar na misericórdia, para nos tornarmos nós mesmos sinal eficaz do agir do Pai. Foi por isso que proclamei um Jubileu Extraordinário da Misericórdia como tempo favorável para a Igreja, a fim de se tornar mais forte e eficaz o testemunho dos crentes”, escreveu o Santo Padre na Bula.

Na Diocese de Bauru, além da Catedral Diocesana, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida e e o Santuário do Sagrado Coração de Jesus, foram declaradas Igrejas jubilares e assim, terão a Porta Santa e serão locais de peregrinação.